A dinâmica da era da informação fez com que a sociedade em geral e, principalmente, as empresas começassem a armazenar seus dados em meios digitais.

Isso ocorreu naturalmente, dada as facilidades que a informática trouxe.

Ela hoje tem papel fundamental para nos ajudar a gerenciar todas as informações que fazem parte da nossa rotina diária.

Quando falamos de ambientes corporativos, precisamos ter consciência de que as informações digitais que estão na rede e nos computadores de uma empresa têm que ser protegidas.

Nesse post vamos mostrar como mitigar a maioria das ameaças que podem atingir seu parque tecnológico em algumas dicas que preparamos para você! Continue lendo e confira!

1. Proteja sua rede Wi-Fi

Os dispositivos sem fio dominaram o mundo informatizado e, com certeza, essa tecnologia é utilizada na maioria das empresas.

Por isso, é preciso tomar alguns cuidados antes de disponibilizar acesso à sua rede via wi-fi.

Primeiramente, utilize senhas fortes.

Isso vale para qualquer situação em que se tenha necessidade do uso de senhas.

Uma senha forte precisa de pelo menos 8 caracteres, letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais.

Com essa simples medida, você reduz drasticamente a possibilidade de uma invasão a sua rede.

Se possível, troque a senha do wi-fi de forma constante.

2. Tenha um bom antivírus

Um bom antivírus vai proteger o seu usuário de arquivos maliciosos que, muitas vezes, são baixados enquanto o utilizados pensa que o arquivo é legítimo e funcional.

Para essas situações, somente um antivírus pode atuar de forma eficiente.

Vale lembrar que existem casos onde pen drives podem conter arquivos auto-executáveis.

Nesses casos, até mesmo os usuários mais experientes podem estar vulneráveis, a não ser que haja um bom antivírus instalado no sistema.

3. Tenha um backup seguro

Quando tudo falhar, o backup será sua última alternativa.

Por isso, é preciso ter plena confiança de que, caso necessário, você possa restaurar os dados.

Um backup seguro é aquele que contém tudo que você precisa para restabelecer seus serviços após uma falha crítica, ou seja, refazer tudo do zero.

Portanto, tenha sempre backups replicados e armazenados em provedores certificados.

Se o ambiente for on premise, você precisará de um cofre seguro e múltiplas cópias de segurança.

Garanta também que seu backup não será roubado.

Para isso, utilize criptografia em seus dados para protegê-los de eventuais vazamentos.

4. Utilize certificado SSL no site

Utilizar criptografia é sempre uma boa ideia quando falamos de segurança.

O recurso de SSL no seu site assegura sua autenticidade e protege os dados de quem está acessando seu conteúdo.

Os navegadores mais populares já alertam os usuários quando um site não possui SSL, colocando um alerta de site inseguro.

Com isso, seu site pode, até mesmo, perder acessos.

Afinal, além dos riscos que o usuário sente ao ver essa notificação, os buscadores mais utilizados, como o Google, penalizam o ranqueamento de sites que não possuem SSL.

5. Limite o acesso

Políticas de acesso visam trazer segurança para o usuário e para os sistemas acessados.

Sempre limite o acesso aos recursos da empresa de acordo com as necessidades de trabalho do usuário.

Muitas vezes, uma maior produtividade vem como bônus nessa prática.

A CL9 Tecnologias é especialista em consultoria em infraestrutura de redes e está pronta para contribuir para a segurança dos dados da sua empresa. Entre em contato conosco e conheça nossos produtos e serviços!

(Imagens: divulgação)


  • Share:
Contato via Site CL9