As oscilações nos mercados mundiais têm trazido impacto negativo às empresas brasileiras que utilizam serviços de cloud providers no exterior.

Estamos em um momento onde é praticamente impossível determinar um orçamento que possa ser mantido em uma contratação de cloud.

Apesar de tudo, o cloud continua sendo muito mais barato que uma infraestrutura local.

Continue lendo nosso post e veja como se adaptar ao momento de crise e economizar mesmo com a volatilidade do dólar.

Como a alta do dólar influencia no lucro da empresa?

Muitos serviços contratados são vinculados ao valor do dólar.

Para evitar o problema atual, devido à volatilidade dessa moeda, a primeira opção sem dúvida é buscar alternativas no mercado nacional, que são várias.

Na maioria dos casos, empresas de cloud brasileiras oferecem serviços gerenciados ou instâncias em cloud por preços muito competitivos e na moeda local.

Se você não tem necessidades específicas de um ecossistema de cloud provider, transitar entre serviços de outros provedores é algo que demanda um procedimento de migração e tudo está pronto para rodar no novo ambiente.

A maioria das pequenas e médias empresas se encaixam nesse cenário, cabendo então avaliar e fazer a mudança.

Vale a pena optar por uma cloud com preço vinculado ao dólar?

custo da cloud

Muitas pessoas ignoram o fato de que ao contratar serviços no exterior, acaba-se pagando impostos sobre importação.

Isso no Brasil é algo extremamente pesado para o valor final e esse tipo de transação nem sempre se justifica para determinadas empresas.

Em primeiro lugar, entenda porque se optou por determinado cloud provider.

Entenda suas necessidades medindo-as com sua própria régua antes de escolher e saiba que quase sempre o que é bom para uma grande empresa vai ser péssimo para o seu contexto de trabalho.

Se seu ambiente utiliza estritamente recursos de um ecossistema de um cloud provider, realmente não há muito o que se fazer em tempo hábil para mudar isso.

Geralmente esse tipo de dependência é o que garante a continuidade do negócio e geraria um impacto extremo para ser mudado.

Nesse caso vale a pena optar por uma cloud e o valor agregado dos recursos que são oferecidos.

Para esses casos existem outras medidas a serem tomadas para amenizar a situação, que veremos a seguir.

Como reduzir o custo da cloud?

custo da cloud

Se seus sistemas rodando na nuvem não têm relação de dependência com o provedor, migrar é o caminho.

Isso pode trazer outras vantagens como suporte em português e menor latência.

Se seus sistemas estão literalmente amarrados ao provedor, a solução é utilizar recursos mais baratos, pagar sob demanda ou negociar descontos com pagamento antecipado.

Pagar antecipadamente por recursos que você sabe que vai utilizar é um ótimo meio de se precaver contra esse tipo de oscilação de câmbio.

Algumas mudanças também podem ser implementadas, como utilizar micro serviços no lugar de instâncias.

Esse tipo de serviço tende a ser mais barato e também pode ser pago sob demanda.

Adotar serverless também é algo que reduz drasticamente seu custo, portanto se beneficie dessa arquitetura sempre que possível.

Ainda sobre serviços sob demanda, desligar suas instâncias em horários onde não há uso também pode ser uma alternativa.

Entre em contato com a CL9 Tecnologias, saiba como otimizar seus recursos em cloud e conheça nossos serviços que podem ser pagos em moeda brasileira!

(Imagens: divulgação)


  • Share:
Contato via Site CL9