Em tempos onde a informação move a humanidade, pessoas e empresas se tornam totalmente dependentes das informações.

Por isso, é fundamental que esse bem tão valioso seja mantido seguro e disponível para acesso sempre que necessário.

Sabendo disso, é fácil perceber que é necessário adotar medidas para que informações não sejam perdidas, independentemente das possíveis causas.

Nesse post vamos mostrar quais são as principais causas dessa perda e como evitá-las, continue lendo e confira!

Quais são as possíveis causas de perda de dados?

De primeira, podemos dizer que falhas de hardware são a principal causa de perda de dados.

Isso só é um risco real porque medidas básicas de proteção costumam ser ignoradas por pessoas e empresas.

Por isso, entre os fatores de risco que merecem atenção dentro de uma corporação estão:

Falta de política de segurança

Nos espaços de trabalho é vital que haja uma política que regulamente a conduta dos usuários de computadores e serviços de rede e internet.

O acesso sempre deve ser limitado às necessidades de trabalho do colaborador e quando isso não for possível deve estar explícito e de total acordo entre empresa e funcionário todos os cuidados que as informações manipuladas ali necessitam.

Ameaças internas

Pessoas cometem erros e existem duas possibilidades para isso:

  1. erro acidental,
  2. erro mal-intencionado.

Em ambos os casos, podemos citar várias ameaças internas: casos onde um funcionário utiliza um pendrive para compartilhar arquivos podem ser um ponto de início de uma infecção por vírus na sua rede, por exemplo.

Além disso, o compartilhamento de senhas ou o uso de credenciais fracas também podem expor dados sensíveis para pessoas que não deveriam acessá-los.

O mesmo pode acontecer por conta de uma má gestão de privilégios de acesso que uma credencial de usuário tem.

Falta de backup

Quando o pior acontecer, não se iluda.

Só há um recurso disponível para recuperar o que foi perdido: o backup.

A falta de backups regulares é um risco assumido com grande frequência em empresas de todos os tamanhos.

Como evitar esse problema?

Para evitar as principais ameaças e riscos de perda de dados, algumas ações podem ser tomadas.

Alguns exemplos são:

Proteja sua rede Wi-Fi

O acesso à rede Wi-Fi geralmente é feito através de usuário e senha, porém tenha certeza que cedo ou tarde essas credenciais irão, de alguma forma, vazar.

Você pode adotar uma política de troca de senha com determinada frequência, mas isso também pode não ser suficiente.

Por isso, o ideal é adotar medidas de registro dos equipamentos que podem utilizar sua rede Wi-Fi, implementar regras de tráfego e associar as conexões às credenciais do respectivo usuário.

Assim, é possível controlar melhor quem pode acessar sua rede e ditar regras de comportamento durante o acesso aos recursos e serviços.

Tenha um antivírus e antimalware

Evitar a infecção por vírus é um grande desafio, dada a quantidade de softwares mal-intencionados e as técnicas cada vez mais engenhosas para fisgar usuários desavisados.

Apenas um bom antivírus e antimalware pode proteger sua rede.

Não hesite em contratar um bom serviço desse tipo, com controles centralizados sobre a saúde da sua rede, dispositivos e atualizações frequentes.

Faça backup

Ter um bom serviço de backup vai garantir que seus dados são copiados de tempos em tempos e enviados para um lugar seguro.

Adotando essa prática você terá tranquilidade, ainda que nenhuma das medidas preventivas dê os resultados esperados.

Isso não quer dizer que todas as outras medidas não devam ser tomadas. O backup é um alido em casos de crise, mas deve ser visto apenas dessa maneira.

Entre em contato com CL9 Tecnologias hoje mesmo e saiba tudo que você precisa para utilizar cloud computing e obter a segurança adequada na sua empresa!

(Imagens: divulgação)


  • Share:
Contato via Site CL9