O acesso aos serviços e aplicativos se tornou tão massivo que foi necessário encontrar maneiras de escalar e gerir tudo isso, garantindo a boa experiência do usuário e reduzindo custos operacionais.

Assim surgiu a era dos microsserviços e o novo paradigma da orquestração.

Nesse post vamos mostrar mais sobre isso, mostrando o que são orquestradores de containers, qual a sua função e quais os mais conhecidos. Continue lendo e confira!

O que são orquestradores de containers?

O termo orquestração é utilizado na TI por conta da sua alusão às várias ferramentas (instrumentos musicais) usadas por vários músicos (programadores e sysadmins) que são minuciosamente coordenados por um maestro (orquestrador).

Tudo isso para que seja entregue a melhor experiência musical (serviços e apps) para o usuário final.

Um orquestrador dita como a banda toca, organizando e disponibilizando microsserviços de acordo com a demanda naquele momento.

Costuma-se dizer que utilizar containers é algo que tende ao caos, pois é uma arquitetura cujos componentes se multiplicam muito rapidamente, por isso, há a necessidade de um super componente que organize tudo.

Essa arquitetura se popularizou com o Docker, que entrega containers que compartilham recursos de kernel do sistema hospedeiro e entrega apenas camadas adicionais, isolando sistemas e aplicações.

Quais são os orquestradores de containers mais conhecidos?

Agora que temos o panorama geral desse conceito, vejamos as opções disponíveis e suas vantagens:

Kubernetes

Nascido no Google com o nome de Borg, esse é o queridinho da categoria.

Isso porque, além do Google rodar sobre essa plataforma, seu desenvolvimento é open source, o que faz dele uma plataforma gratuita.

Também conhecido como k8s, suas características e vantagens principais estão na forma como se flexibiliza a implantação de ambientes sem precisar aumentar a equipe que vai operar a plataforma.

O problema de tanta flexibilidade é que a plataforma pode acabar se tornando muito complexa.

A grande maioria dos cloud providers dá suporte ou roda em cima do Kubernetes, que também pode ser implantado localmente no data center da empresa e, até mesmo, na estação de trabalho do desenvolvedor.

Docker Swarm

O Docker Swarm é um poderoso orquestrador de entrada.

Ele é nativo no Docker e, geralmente, é encontrado em ambientes menores.

Tem limitações em relação ao escalonamento automático e novas integrações, porém é muito competente e estável.

Por ser muito fácil de implantar, geralmente é o primeiro contato de recém chegados ao mundo dos microsserviços.

OpenShift

Aqui temos um típico caso de plataforma rodando sobre o Kubernetes.

O OpenShift é mantido pela Red Hat e também possui sua versão open source.

A diferença está na forma com que as informações são apresentadas para os times de DevOps.

Além de rodar sobre o sistema operacional na versão Enterprise da Red Hat, ele agrega opções de monitoramento, integração e entrega contínua, bem como métricas e outras funcionalidades plugáveis, utilizando as capacidades do Kubernetes.

Por carregar um conceito Enterprise e estar direcionado aos negócios com essa atividade-fim, o OpenShift acaba sendo inviável financeiramente para pequenas e médias empresas.

AWS ECS

A Amazon tem como característica principal o objetivo de oferecer o melhor dos mundos quando se fala em custos, facilidade e entrega de recursos.

Nesse contexto, o Elastic Container Service é uma ótima alternativa.

Esse orquestrador é usado pela Amazon para fornecer outros serviços aos clientes, portanto, é amplamente testado e melhorado “dentro de casa”, assim como o Kubernetes no Google.

No caso da Amazon, os demais serviços da plataforma, como de DNS, balanceamento, segurança e monitoramento, se integram nativamente ao ECS.

Outra grande vantagem é a possibilidade de utilizar o Serviço Fargate, ele permite que você não precise gerenciar servidores onde o orquestrador vai ser instalado, ou usar instâncias Spot, que tem um custo de até 90% menor em relação aos EC2 normais.

Entre em contato agora mesmo e venha conhecer as soluções de cloud computing da CL9 Tecnologias!

(Imagens: divulgação)


  • Share:
Contato via Site CL9